Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





para memória futura!

por aquimetem, em 31.05.07

NS da Graça, imagem do Sec.XVI; também

segundo alguns autores terá sido

trazida pelos cruzados ingleses

quando vieram em auxilio dos

portugueses na conquista de Lisboa

aos mouros, em 1147.

            Das Festas mais antigas que se realizam no Monte Farinha, a Ascensão do Senhor festejava-se ali, em Quinta-feira de Ascensão, mas com as alterações feitas no  calendário das comemorações festivas, a Igreja passou a celebrar esta festividade no domingo a seguir.  Em consonância com o Bispo Diocesano e tendo em conta os interesses do Santuário, a Irmandade de Nossa Senhora da Graça escolheu o último domingo de Maio para, em data fixa, realizar anualmente esta famosa festa da Ascensão. O que já vem acontecendo  com êxito, desde há uns anos a esta parte.

            Como foi noticiado, este ano calhou em Domingo de Pentecóstes, e por isso teve ali um brilho e significado maior; embora a chuva e o muito frio não tenham colaborado com a Irmandade. Mas bastou a participação amiga e generosa dos Bombeiros Voluntários e  dos Escuteiros de Mondim, bem como a dos grupos corais do Arciprestado do Baixo-Tâmega, a juntar ao  Apostolado Nacional da Oração, que na figura do presidente Padre Dário Pedroso presidiu à festividade, para que quem teve a felicidade de participar nesta jornada tenha ficado com vontade de voltar.

            Aproveitou o Arciprestado do Baixo-Tâmega para também neste dia fazer a sua Peregrinação Anual ao Santuário de Nossa Senhora da Graça, A quem se consagrou, deste modo:

Virgem Mãe de Deus,

Nossa Senhora da Graça:

As Comunidades Cristãs deste Arciprestado do Baixo Tâmega,

Aqui presentes nestes Teus filhos,

Desejam consagrar-se, hoje e sempre,

À Vossa Maternal protecção.

Ensina-nos, ó Mãe da Divina Graça,

Como havemos de servir o Evangelho de Jesus

No serviço diário aos Irmãos !

Ensina-nos, ó Mãe do Bom Conselho,

Como havemos de construir a Paz e a Justiça

Neste mundo confuso,

Por vezes tão injusto e tão infiel !

Ensina-nos, ó Mãe da Igreja,

Como havemos de ser Testemunhas do Reino

Da Verdade e do Amor, 

Neste mundo ameaçado pelo Mal

E por um sem fim de ameaças morais!

Ajuda-nos, ó Rainha da Paz,

A vencer os obstáculos, dificuldades  e oposições

À Vida Cristã no dia-a-dia

E a redescobrir continuamente

A pureza e a beleza da nossa dignidade cristã

E a sermos fiéis aos apelos profundos

Da nossa Vocação Cristã!

Abençoai, ó Mãe do Redentor, 

As Famílias, os nossos Doentes,

Os nossos Jovenns, os nosos Benfeitores

E todos quantos se confiam à nossa oração fraterna.

Guardai, ó Senhora do Imaculado Coração,

No Vosso Regaço Maternal

Todos os Filhos e todas as Filhas  da Igreja

Que peregrinam nesta Região do Baixo Tâmega.

E lançai-nos, ó Rainha dos Anjos e Santos, 

Do alto dos Céus, A Vossa Bênção de Mãe

Amen.

Monte Farinha (Vilar de Ferreiros), 27 de Maio de 2007                  

                     

Para memória futura!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:51



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D