Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Desfile de Bandas

por aquimetem, em 03.12.13

  

          Por calhar ao domingo, este ano, o 1º de Dezembro ainda foi festejado com pompa e circunstância, desta vez; e quem,  na tarde desse dia, desceu à baixa alfacinha pôde deliciar-se com um animado espectáculo musical e etnográfico que não é frequente ver. Mais de 20 agrupamentos e mais de 1000 músicos distribuídos pelas diversas filarmónicas e bandas em presença, desceram a Avenida da Liberdade, desde o monumento aos Mortos da Grande Guerra, até à Praça dos Restauradores. Desfile, que se integrou nas comemorações do 1º de Dezembro do Município de Lisboa, levadas a cabo pela Sociedade Histórica da Independência de Portugal e Movimento 1º de Dezembro.

         O desfile teve início ás 14:30h, decendo em direção ao obelisco que comemora as vitórias portuguesas da campanha militar da Restauração, que durou até 1668. A marcha dos músicos abriu com os Tocá Rufar, seguindo-se o grupo de cantares Os Cigarras, de Beja, e o grupo de Bombos de Atei, de Mondim de Basto.

          Desceram em primeiro, as bandas da Sociedade Recreativa e Musical 12 de Abril de Travassô, a do Centro Paroquial de S. Martinho de Gandra e a Banda Musical Cabeceirense.

Do desfile fizeram parte, entre outras, as filarmónicas Idanhense, Portimonense, Senhor dos Aflitos de Soutocico do Crato, Ançanense e a Lobelhense, assim como as bandas da União Alcaçovense, da Sociedade Recreativa e Musical Loriguense, e a da Torre do Ervededo.

  

         Fez-se notar a presença de figuras públicas, como: presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa, e José Ribeiro e Castro, em representação da presidente da Assembleia da República, tendo o general Rocha Vieira estado presente em representação do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva.

           Muito publico que para além de assistir ao espectáculo, também se quis associar à histórica data que assinala a Restauração de Portugal. Data que mereceu este patriótico desabafo do presidente da Assembleia-Geral da Sociedade Histórica da Independência de Portugal ao afirmar que "um Estado que não comemora o 1 de Dezembro como o seu principal feriado é um Estado bastardo, sem valores ou dignidade". O general José Batista Pereira falava na cerimónia oficial de homenagem aos heróis da Restauração, em representação do presidente da Sociedade Histórica da Independência de Portugal, José Alarcão Troni. E adiantou:"o 01 de Dezembro é o verdadeiro feriado da Portugalidade e que, se há feriados que deviam ser imutáveis, eles são o 10 de Junho e o 01 de Dezembro". Dirigia-se aos portugueses de alma e coração, não à relé.

 

           A ingratidão, a ignorância histórica e a carência de valores cívicos e morais implantaram-se neste país que a nobreza tornou famoso. Mas nestes momentos as raízes e valores vêm ao de cima. 

          Orgulho meu foi ver gente  do meu concelho e da região de Basto participar activamente na histórica data e neste evento musical

           Banda de Zés P'reiras de Atei - Mondim de Basto

 

          Vídeo que mostra os Zés P'reiras de Atei, em actuação já no fim do desfile, em frente ao Palácio Foz.

 

          Da parte de manhã o Dia da Restauração começou às 09:30h, no Palácio da Independência, com o hastear das bandeiras, entre elas, a da Restauração - branca com o escudo português coroado ao centro -, seguindo-se na Igreja de São Domingos uma missa solene de acção graças, e às 11:30h uma "Homenagem aos Heróis da Restauração" na praça dos Restauradores. De tarde foi o desfile de bandas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:03


Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D