Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Fica o recado dado

por aquimetem, em 07.11.11

          Sempre que se proporciona uma deslocação a Fátima não hesito, um segundo que seja, para decidir avançar. Foi o que sucedeu esta manhã ao ser desafiado pelo Sr. Padre Abel, que tinha lá afazeres, para o acompanhar. E como eu quantas mais pessoas não tem o mesmo desejo, e só o não fazem por falta de oportunidade! A-propósito recordo um meu distinto amigo da Galiza que sabendo-me muito vizinho de Fátima perguntou quantas vezes durante o ano eu visitava o Santuário, e quando lhe disse que talvez umas 8 ou 9, ele ficou espantado dizendo: Non sabedes aproveitar! E não.

          Enquanto o Sr. Padre Abel foi tratar dos seus deveres, fiquei eu com tempo livre para visitar a capelinha das Aparições e na basílica assistir à Santa Missa. Mas adiante, não foi  com o objectivo de revelar as minhas disposições de índole religiosa que escrevo este post, mas antes para divulgar neste blog o inesperado encontro que tive com um amigo de longa data, também amigo de Vilar de Ferreiros e de Nossa Senhora da Graça fervoroso devoto, que há muito tempo não encontrava. Refiro-me ao Sr. Padre Manuel de Oliveira Couto que conheci como pároco de São Pedro de Britelo (Celorico de Basto), e nessa condição fundador e director do jornal Terras de Basto e o mesmo em relação à Radio Região de Basto. Homem de fé e muita cultura, com um dinamismo de causar inveja.

         Natural de Fafe, onde nasceu 02 de Julho de 1938, o Padre Couto foi ordenado sacerdote  a 15 de Agosto de 1965. A residir na  Povoa de Varzim, o missão actual do Sr  Padre Couto é a de confessor e pregador que desempenha aonde é solicitado, mormente no Santuário de Fátima. Ali o surpreendi quando vinha a sair do parque da Casa de Nossa Senhora do Carmo. E não só me desculpou o atrevimento como me encomendou que desse um abraço do tamanho dele a todos os habitantes de Terras de Basto. Aqui fica o recado dado

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:19


2 comentários

Sem imagem de perfil

De mg a 08.11.2011 às 12:52

Olá!
Anda sempre rezando « por nós», em Fátima... -como diz.
Não será um pretexto para o passeiozinho? É que também podia rezar em casa...

Aproveito para enviar, em nome de Basto, todo, até à Senhora da Graça, o nosso abraço ao Rev.Pe Couto e com muito orgulho, por ter nascido lá mesmo.
O Norte deu muitos Padres ao Mundo!!
Imagem de perfil

De aquimetem a 08.11.2011 às 16:06

Claro que sim, só que rezar em casa tem muito valor, mas não substitui os lugares públicos de oração. Se não acontece o mesmo que aquelas criaturas que dizem ser católicas, mas que não vão à missa. Azar delas assemelham-se aqueles atletas que correm muito, mas fora da pista, e o resultado é não ganhar prémio nenhum. Se eu tivesse ficado em casa, podia de facto rezar ou não, mas uma coisa garanto jamais teria encontrado este amigo que há muito não via. Nem tão-pouco a minha amiga teria ocasião para também se associar com este seu excelente comentário. Bem haja

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D